20 de jan de 2010

Dia Nacional do Fusca

Hoje é o dia Nacional do Fusca.
O carro mais vendido do Mundo!

No início da década de 1930 a Alemanha era assolada por uma dura recessão, e tinha um dos piores índices de motorização da Europa. A maioria de suas fábricas eram especializadas em carros de luxo, montados à mão, e ainda muito caros. Por isso e mais uma série de fatores, a idéia de um carro pequeno, econômico e fácil de produzir começou a ganhar popularidade. Era o conceito do "Volks Auto" - ou "Volks Wagen", expressões alemãs que traduzem a idéia do "carro popular".
Nesta época Hitler havia ascendido ao poder na Alemanha, estando comprometido com a modernização do país e a recuperação da economia, principalmente do emprego. Entusiasta por carros desde a juventude, Hitler via com bons olhos a idéia do carro do povo desde os tempos em que esteve preso, onde leu sobre Henry Ford. Para ele a idéia de um "carro do povo" feito por trabalhadores alemães e viajando por todo o país era a exata realização da plataforma política de seu partido.
Hitler tinha pronto uma lista de exigências a serem cumpridas, caso o contrato fosse efetivamente firmado:
- O carro deveria carregar dois adultos e três crianças (uma típica família alemã da época, 
  e Hitler "não queria separar as crianças de seus pais").
- Deveria alcançar e manter a velocidade média de 100 km/h.
- O consumo de combustível, mesmo com a exigência acima, 

  não deveria passar de 13 km/litro (devido à pouca disponibilidade de combustível).
- O motor que executasse estas tarefas deveria ser refrigerado a ar, (pois muitos alemães 

  não possuíam garagens com aquecimento), se possível adiesel e na dianteira
- O carro deveria ser capaz de carregar três soldados e uma metralhadora
- O preço deveria ser menor do que mil marcos imperiais 

  (o preço de uma boa motocicleta na época).


Lançado oficialmente em 1935, pelo então projetista Ferdinand Porsche, o Volkswagen podia ser comprado por quase todos, ao preço de 990 marcos, e era equipado com motor refrigerado a ar, sistema elétrico de seis volts, câmbio seco de quatro marchas, que até então só se fabricavam carros com caixa de câmbio inferiores a 3 marchas.

Daí, as evoluções foram constantes.
Hoje o Fuscão é uma paixão e eu quero um pra mim tbm, de prefêrencia o modelo antigo, 69, 70 ou até 72, aquele com painel e bancos brancos, e roda branca. Se for com 2 cores dai fica D+, sem falar no conversível, que é FODA!!!
fonte: Wikipedia e Fusca Clube do Brasil

Nenhum comentário: